quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Livros que li

[foto de Paulo César]


Em "A Filha do Canibal" de Rosa Montera _ autora do belo "O Rei Transparente":

"(...) as paixões eternas costumam durar uma média de seis meses; depois, se as coisas correrem bem, convertem-se em amores de toda a vida, que duram aproximadamente mais dois anos. No total, o espasmo cordial abarca uns dois anos e meio. Tendo em conta esta regra do coração não escrita, mas tão certa como a existência do buraco de ozono, Lúcia não devia preocupar-se com a diferença de idade entre ela e Adrián (...)."


3 comentários:

margarida disse...

:) adorei!

beijucas!

Lena disse...

Ai o amor!!! Ai a paixão!!!!

bjokinhas gandes
;)

CresceNet disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.